Política

Com repercussão negativa de nomeação, vereadora promete exonerar namorado

Nomeação ocorreu no último dia 10

Jessica Benitez Publicado em 27/01/2017, às 15h47

None
vereadora.jpeg

Nomeação ocorreu no último dia 10

A vereadora Dharleng Campos (PP) vai pedir exoneração do namorado, advogado Anderson Guimarães, nomeado no último dia 10 como assessor parlamentar na Câmara Municipal. De acordo com assessoria de imprensa, a decisão foi tomada em reunião com a equipe de trabalho, com base no que classifica melhor para Campo Grande e em resposta ao eleitor.

De acordo com tabela de remuneração de 2016 do portal da transparência na Casa de Leis, a função tem remuneração de R$ 2.032,00 contudo, conforme consta no documento, pode haver até 200% de gratificação, ou seja, o valor pode chegar a mais de R$ 6 mil.

A bonificação é garantida pela Resolução n. 937, de 27 de abril de 1995. O advogado, que concorreu para deputado estadual em 2014, era chefe de assessoria na Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia) pasta em que Dharleng era titular na gestão do ex-prefeito Alcides Bernal (PP).

A apuração da reportagem do Jornal Midiamax indica que o relacionamento dos dois vem do tempo em que trabalharam juntos na gestão de Bernal. Os dois, segundo foi apurado, vivem juntos. Fotos nas redes sociais mostram Anderson e Dharleng juntos em eventos familiares.

O Legislativo não soube informar para qual gabinete Anderson seria direcionado, apenas destacou que, pela legislação relacionada à prática de nepotismo, a nomeação não poderia ocorrer se a vereadora fosse casada com o advogado. 

Jornal Midiamax