Política

Bancada quer mecanismo que garanta espaço da mulher na política

PEC prevê 10% das cadeiras nas câmaras para mulheres

Midiamax Publicado em 17/08/2017, às 19h01

None

PEC prevê 10% das cadeiras nas câmaras para mulheres

Deputadas estaduais de Mato Grosso do Sul defenderam, nesta quinta-feira (17), a aprovação pelo Congresso Nacional da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 134/2015, que institui cotas para mulheres no Legislativo.

“É importante, a mulher ter esse espaço. Na área política há uma grande barreira. É difícil sair candidata e ser eleita”, contou Antonieta Amorim (PMDB). “A PEC vai garantir percentual de assentos porque para termos voz, temos que ter votos”, disse.

Para Mara Caseiro (PSDB), a PEC representa um pequeno avanço, já que o projeto prevê a reserva de apenas 10% das vagas de todas as câmaras municipais, assembleias legislativas e da Câmara Federal para as candidatas mulheres. “É pouco, mas é um avanço. As Câmaras de Vereadores sofrem essa desigualdade com mais frequência”, disse.

A PEC 134 passou pelo Senado, foi aprovada em duas comissões da Câmara e aguarda, desde o ano passado, votação pelos deputados federais em plenário. 

Jornal Midiamax