Auditoria aponta irregularidades em merenda servida a alunos de Sidrolândia

Produtos utilizados desrespeitam o cardápio determinado pelo PNAE
| 13/04/2017
- 15:45
Auditoria aponta irregularidades em merenda servida a alunos de Sidrolândia

Produtos utilizados desrespeitam o cardápio determinado pelo PNAE

Auditoria do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado) apontou irregularidades na merenda oferecida aos alunos na rede municipal Sidrolândia. De acordo com equipe de auditores que foram a algumas unidades escolares nessa quarta-feira (12), o prato feito era um engrossado de fubá que, devido ao transporte, chegava já endurecido às escolas e, por isso, era usado leite ou água para volta-lo ao estado líquido.

Além disso, produtos utilizados desrespeitam o cardápio determinado pelo PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). A prefeitura já foi alertada da situação que atinge tanto nas unidades da área urbana quanto rural. Na Municipal Ariano Suassuna a merenda servida tinha apenas macarrão com salsicha.

Já na Escola Municipal Indígena Cacique Armando Gabriel o cardápio também estava completamente fora das recomendações do PNAE foi servido às crianças um prato com apenas arroz e farinha de mandioca. De acordo com os auditores, a justificativa dada pelos responsáveis pela merenda é a de que os ingredientes não foram entregues.

As fotos tiradas durante a inspeção mostram os refrigerados das cozinhas vazios. Esta foi a primeira auditoria feita este ano sob o comando da conselheira Marisa Serrano. O mesmo será feito em Caarapó, Juti, Douradina, Maracaju, Dourados, Nova Alvorada do Sul, Fátima do Sul, Rio Brilhante, Glória de Dourados, Itaporã, Vicentina e Jateí.

A reportagem tentou contato com o prefeito Marcelo de Araújo Ascoli, mas as ligações não foram atendidas, assim como na prefeitura.

Veja também

Últimas notícias