Política

Assembleia incentivou aposentadoria de 139 servidores em dois anos

Grupo recebeu indenização de oito vezes o salário

Midiamax Publicado em 02/06/2017, às 15h54

None

Grupo recebeu indenização de oito vezes o salário

PAI (Programa de Aposentadoria Incentivada) contabilizou, nos últimos dois anos, adesão de 139 servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Seu objetivo consiste em abrir vagas para novos profissionais concursados.

“Vamos chamar concursados e tem que ter espaço na Casa [de Leis]”, explicou o deputado e primeiro secretário, Zé Teixeira (DEM), que coordena o processo desde junho de 2015. Assembleia incentivou aposentadoria de 139 servidores em dois anos

Diretoria Geral de Recursos Humanos confirmou, via assessoria de imprensa, aposentadoria de 139 servidores pelo programa. Outros 30 estão aptos e podem requerer benefício até 9 de junho durante nova fase de adesões. 

Inscritos recebem indenização parcelada de oito vezes a remuneração bruta, excluído abono de permanência. Não há incidência de imposto de renda sobre o valor.

Servidor, neste caso, precisa comprovar tempo de serviço para aderir à proposta e se contemplado fica impedido de ser contratado pelo Legislativo, exceto quando aprovado em concurso público.

Jornal Midiamax