Política

VÍDEO: mãe fala para Bernal ‘ir tapar buracos em vez de mexer na educação’

Pedido é uma resposta às exonerações de diretores

Kemila Pellin Publicado em 22/02/2016, às 18h19

None
img-20160222-wa0083.jpg

Pedido é uma resposta às exonerações de diretores

Pais e alunos da Escola Municipal Darthesy Novaes Caminha, no bairro Chácara das Mansões, protestaram em frente o prédio, na manhã desta segunda-feira (22), pedindo a volta da diretora, identificada apenas Osmarina, que foi exonerada na última quarta-feira (17), junto com mais 41 diretores de escolas e Ceinfs (Centro de Educação Infantil).

Inconformados com o afastamento da responsável pela unidade, os pais gravaram um vídeo, onde uma mãe aparece afirmando que a diretora 'não terminou seu legado' e que foi afastada 'por questões políticas'. Ela ainda provoca o prefeito, questionando porque 'em vez de mexer na educação do povo, ele não vai tapar os buracos do bairro'. (As imagens foram destorcidas para preservar a identidade das crianças).

Essa não é a primeira manifestação contra a decisão do prefeito. Na semana passada a exoneração do diretor da Escola Municipal Professora Oneida Ramos, pegou os pais e alunos de surpresa e deixou todos revoltados.

A presidente do Conselho de pais, Rosângela do Nascimento Pires, de 45 anos, chegou a cogitar um protesto em frente a escola, na sexta-feira, por causa da exoneração do diretor Paulo Xavier da Silva. “Isso pegou a gente de surpresa e não aceitamos porque ele é um excelente diretor. Sempre trouxe ótimos resultados. A escola é um exemplo para outras. Ele se dedica”, defendeu.

Exoneração

Conforme publicação no Diário Oficial de Campo Grande foram exonerados 18 diretores de Ceinfs, 24 diretores de escolas municipais outros sete diretores adjuntos.   Na mesma publicação foram nomeados novos servidores para ocupar os cargos. 

Denúncia

Após reunião na Comissão de Constituição e Justiça, vereadores da Câmara de Campo Grande decidiram denunciar o prefeito Alcides Bernal (PP) ao Ministério Público Estadual. Eles receberam denúncia de que diretores de escolas teriam sido exonerados por não aceitarem assinar ficha de filiação ao partido dele.

Defesa

O prefeito se justificou afirmando que usou critérios de ordem técnica, reorganizando o quadro para oxigenar a educação. Momentos depois ao ser criticado por pais que defendiam o serviço dos diretores, junto à comunidade, o prefeito discordou e saiu em própria defesa. “Muito pelo contrário, foram exonerados todos que atrapalhavam a comunidade e não criavam um ambiente pró-ativo”, disse.

Jornal Midiamax