Política

Vídeo: Geraldo ‘explora a desgraça para se promover’, diz secretário de Saúde

Médico Sebastião Nogueira fez duras críticas ao deputado

Midiamax Publicado em 30/09/2016, às 20h13 - Atualizado em 18/07/2020, às 00h37

None
sebastiao_nogueira.jpg

Médico Sebastião Nogueira fez duras críticas ao deputado

“O deputado Geraldo Resende usa a saúde para se promover. Ele explora a dor, o sofrimento, a miséria, a desgraça das pessoas mais necessitadas para se promover politicamente”. Essa pesada acusação foi feita em vídeo por ninguém menos que o respeitado médico e advogado Sebastião Nogueira, secretário municipal de Saúde de Dourados, município distante 228 quilômetros de Campo Grande. Membro do alto escalão da administração de Murilo Zauith (PSB), ele foi um dos primeiros nomes indicados para compor o secretariado logo após a reeleição do socialista em 2012.

Na gravação de 2 minutos e 28 segundos divulgada nesta sexta-feira (30) pelas redes sociais, Nogueira dá um depoimento sem poupar críticas ao parlamentar do PSDB que é candidato à prefeitura da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. Filiado ao PMDB, partido que tem Renato Câmara na disputa, o secretário de Saúde não pede voto para ninguém especificamente, mas alerta para “a obrigação de conhecer e escolher o melhor candidato a prefeito para Dourados”.

“Venho nesse momento esclarecer algumas falas que o deputado Geraldo Resende vem trazendo sobre a saúde pública do nosso município. O Geraldo prega o caos, Geraldo prega o apocalipse, o Geraldo prega o desastre, dizendo que nossa saúde passa por um momento crítico; não é verdade. Temos dificuldades sim, muitas dificuldades principalmente por encontrar no deputado Geraldo Resende um opositor, um deputado que não atuou trazendo os benefícios que a nossa cidade precisa”, pontuou Nogueira.

Essas pesadas críticas ocorrem justamente depois que o deputado federal e candidato a prefeito criticou o secretário municipal de Saúde ao longo da campanha. Durante o debate promovido pela TV Morena, no domingo (25), o tucano chegou a citar nominalmente Nogueira, com queixas à gestão da saúde pública no município.

“O Geraldo prega a todo canto, para todo lado, dizendo que ele é que trouxe várias obras para nossa cidade. Não é verdade. Não existe nenhuma emenda parlamentar do deputado Geraldo Resende para a saúde pública de Dourados nesses últimos anos. Vou citar, por exemplo, uma grande mentira que o Geraldo prega para você e para todos nós: o Geraldo fala que ele é o responsável por trazer a UPA para Dourados. Não é verdade. A UPA é um programa nacional, um programa do Ministério da Saúde, e foi inserido, cadastrado, na época pelo prefeito Laerte Tetila. E foi construído pelo prefeito Murilo. Nós abrimos a UPA em dezembro de 2014 e de lá até hoje o governo federal nos deve mais de R$ 5 milhões do custeio. E eu digo ainda mais, o custeio da UPA, que é aquele dinheiro que vem para o medicamento, para compra do material, para a cirurgia, não acontece”, explicou Nogueira.

Antes do fim da gravação, o secretário municipal elevou o tom das críticas ao candidato do PSDB à Prefeitura de Dourados. “O deputado Geraldo Resende usa a saúde para se promover. Ele explora a dor, o sofrimento, a miséria, a desgraça das pessoas mais necessitadas para se promover politicamente”, desabafou Sebastião Nogueira.

Ao ser contactado pela reportagem do Jornal Midiamax, Geraldo Resende, não quis entrar em detalhes sobre o assunto e demonstrou já estar ciente do vídeo. “Sem comentários. Nem vou falar sobre o assunto. Não vou gastar energia com uma situação dessa. Todo mundo sabe que é meu desafeto preferido”, disse o deputado federal Geraldo Resende. (Colaborou Mariana Anjos)

Assista o vídeo

Jornal Midiamax