Política

Vereador do PMDB diz que Bernal ‘quer ser cassado por duas vezes’

Parlamentares reclamam que prefeito não responde ofícios 

Evelin Cáceres Publicado em 23/02/2016, às 14h07

None
siufi.jpg

Parlamentares reclamam que prefeito não responde ofícios 

“O Bernal quer ser o único prefeito do Brasil a ser cassado por duas vezes”, afirmou o vereador Paulo Siufi (PMDB) ao usar a tribuna nesta terça-feira (23) na Câmara de Campo Grande para reclamar da falta de resposta de ofícios enviados pelos parlamentares.

Para Siufi, a omissão, ou “sonegação de informações que podem provar desvios de recursos”, segundo classificou o vereador, pode render a Alcides Bernal (PP) novo processo de cassação por improbidade administrativa.

Eduardo Romero (REDE) foi quem levantou a questão durante a sessão ao citar que enviou um pedido à Prefeitura solicitando explicações sobre a exoneração de diretores e que não foi respondido até o momento.

“Se o Romero mandou um ofício na semana passada e já cansou de esperar, imagine eu, que mandei ofício em novembro e até agora não tive resposta”, reclamou Siufi.

Herculano Borges (SD) e Airton Saraiva (DEM) reclamaram de outros requerimentos. “Perguntei sobre contratos emergenciais e já se passaram mais de 15 dias. Isso cabe cassação, com formação de nova comissão. Tem que fazer uma CPI urgente por falta de informação”, apontou o democrata. 

Jornal Midiamax