Política

‘Sexismo e violência’ são destaques durante seminário sobre políticas para as mulheres

 Feminismos e Políticas Públicas

Diego Alves Publicado em 22/06/2016, às 22h29

None
20160622165601.jpg

 Feminismos e Políticas Públicas

Uma tarde de conversas sobre a importância do feminismo e a valorização dos direitos das mulheres na sociedade. Esses foram um dos focos do primeiro Seminário Municipal sobre Feminismos e Políticas Públicas que aconteceu na tarde desta terça-feira (22) em Campo Grande.

O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal de Campo Grande por meio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (Semmu), em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e Movimentos Feministas.

 De acordo com a Secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Leyde Pedroso, o encontro proporcionou diversas discussões sobre a importância dos feminismos nas políticas públicas e ações afirmativas para o enfrentamento da violência e de todas as formas de discriminações e preconceitos contra as mulheres.

“Graças ao poder público por meio do prefeito Alcides Bernal o movimento de mulheres de Mato Grosso do Sul está passando por um momento histórico, onde será proporcionada uma roda de debate sobre questões que envolvem os direitos das mulheres. Várias lideranças femininas de todo Brasil estão participando deste encontro para debater políticas públicas para as mulheres do contexto feminista, que é um movimento que luta pelo empoderamento das mulheres no Brasil, discutindo toda a forma de enfrentamento de violência contra as mulheres, a desconstrução da cultura do estupro e outras experiências compartilhadas dentro do movimento feminista. O sexismo e o preconceito ainda devem ser derrubados”, destacou Leyde.

Mais de 200 mulheres, entre elas de diversas regiões do país participaram do debate sobre “Feminismos e Políticas Públicas Olhares sobre as Políticas Específicas Para As Mulheres” com a palestrante Vanda Menezes que é Psicóloga, feminista e foi a primeira secretária negra de políticas para as mulheres em Maceió, em Alagoas.

Cristina Buarque, Cientista social, feminista, que foi secretária de políticas para as mulheres em Recife em Pernambuco e Aparecida Gonçalves que é feminista, fundadora do Movimento Popular de Mulheres em Mato Grosso do Sul também fez parte da roda de conversa. “Esse encontro foi muito importante e estratégico para se discutir políticas públicas para as mulheres e o feminismo na gestão pública. Já tivemos muitos avanços, as mulheres estão na rua, estão lutando, teremos mudanças na lei Maria da Penha ou seja precisamos continuar e reforçar permanentemente a importância do movimento de mulheres, do feminismo na gestão de políticas públicas brasileira”, pontuou Aparecida.

A Secretária Leyde Pedroso que é jornalista, feminista e Secretária municipal de políticas para as mulheres em Campo Grande – MS e Fabiana Machado, Advogada, feminista, militante da Marcha Mundial de Mulheres, Greciane Oliveira que é Cientista social, feminista, militante da Articulação de Mulheres Brasileira – AMB também formaram a mesa de debate durante o evento.  

Jornal Midiamax