Política

SD confirma apoio a Rose e lança 17 candidatos a vereador

Na majoritária, partido fará parte da coligação Juntos por Campo Grande

Midiamax Publicado em 04/08/2016, às 17h37

None
sd.jpg

Na majoritária, partido fará parte da coligação Juntos por Campo Grande

O SD confirmou apoio a candidatura de Rose Modesto (PSDB) a prefeitura de Campo Grande. Durante convenção ocorrida na noite desta quarta-feira (3), na Câmara Municipal, o partido anunciou que na eleição proporcional irá se coligar com o PSL e PRB, cuja coligação se denominará “Juntos por Campo Grande III”, fazendo parte dela um total de 44 candidatos a vereador.

Ao todo, pelo SD foram lançadas 17 candidatos a vereador. Anteriormente, o partido havia anunciado 33 nomes como pré-candidatos a vereador e segundo o presidente municipal da legenda, vereador Herculano Borges, foram utilizados critérios de seleção, para chegarem ao número final, diante da coligação.SD confirma apoio a Rose e lança 17 candidatos a vereador

Em sua fala o dirigente estadual Bosco Martins destacou que o apoio a candidata tucana, que estava presente na convenção, visa “este novo modelo de política do governo Reinaldo Azambuja”, na qual, segundo ele, Rose teve papel importante e deu mostras como secretária e vice-governadora.

Na eleição majoritária, o Solidariedade se coligará, com PSDB, PR, PRB, PSB, PDT e PSL. A denominação da Coligação será de “Juntos por Campo Grande” e além de Rose como candidata a prefeita, terá como candidato ao cargo de vice-Prefeito, o empresário Cláudio Mendonça (PR).

Como candidatos a vereador foram lançados os seguintes nomes: Ada Sabrina Pedroso Martins, Idalina Aparecida Batista Santos, Marta Pinho Ramos, Nieli Barbieri de Oliveira, Tatianny Benites Menezes, Eder Nantes de Sousa, Epaminondas Vicente Silva Neto, Fábio da Rocha e Silva Ferreira, Jackson Emanuel Oliveira da Silva, João Eudes Meireles da Silva, José Carlos Trevisan, José Eduardo Cury, José Gondim dos Santos, Júlio Cesár Souza da Silva, Luiz Carlos Correia de Lima, Luiz Crecencio Coronel e Marcos Antônio da Silva de Souza.  

Jornal Midiamax