Política

Representante da ONU sobre direitos indígenas vem a Mato Grosso do Sul

Visita ao Brasil segue até o dia 17

Guilherme Cavalcante Publicado em 09/03/2016, às 23h08

None
624774-e1457014758330.jpg

Visita ao Brasil segue até o dia 17

A relatora especial da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre direitos dos povos indígenas, Victoria Tauli-Corpuz, está em Mato Grosso do Sul em visita oficial, com o objetivo de identificar e avaliar as principais questões que enfrenta essa população. Além de MS, Tauli-Corpus também visitará Bahia e Pará. Em Brasília, foi recebida pelo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Ricardo Lewandowski, na terça-feira.

Representante da ONU sobre direitos indígenas vem a Mato Grosso do SulA visita, que vai até o dia 17, inclui encontros com autoridades do Executivo, do Legislativo e do Judiciário e visitas a aldeias indígenas. Em Mato Grosso do Sul a relatora especial está visitando aldeias no interior do Estado, na região sul, onde vivem os guarani-caiuá, que têm sido personagens de episódios frequentes de conflitos, além de enfrentar outros problemas graves, como a pobreza, a falta de segurança e de atendimento de saúde.

Tauli-Corpuz é líder indígena das Filipinas e presidiu o Fórum Permanente de Questões Indígenas da ONU entre 2005 e 2010. Está no Brasil a convite do Governo Federal, porém, na condição de relatora especial, ela trabalha voluntariamente e de forma independente.

Na visita ao Brasil, Tauli-Corpuz também deve avaliar a implementação das recomendações feitas por seu antecessor (entre elas as relativas ao caso Raposa-Serra do Sol), a atividade legislativa referente aos povos indígenas e os processos de demarcação e proteção das terras indígenas. Tauli-Corpuz apresentará ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, ao fim da visita, um relatório contendo suas observações e recomendações.

(Matéria editada às 20h58 para acréscimo de informação)

Jornal Midiamax