Política

Qualidade do serviço não justifica aumento na passagem, diz Trad

Atual e futuro prefeito estão reunidos para discutir finanças da Capital

Ludyney Moura Publicado em 21/11/2016, às 13h56

None
onibus.jpg

Atual e futuro prefeito estão reunidos para discutir finanças da Capital

O atual prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), recebe na manhã desta segunda-feira (21), no Paço Municipal, o prefeito eleito, Marquinhos Trad (PSD) para apresentar um balanço financeiro do município e para discutirem questões como tarifa do transporte coletivo e IPTU (Imposto Territorial e Predial Urbano).

“Vou conversar com o prefeito para que não seja dado esse aumento (no ônibus), sobre o IPTU vamos deixar claro para ele que queremos que não seja dado nenhum aumento, apenas reposição inflacionária, sem qualquer outro acréscimo para a população”, afirmou Marquinhos ao chegar à reunião.

O prefeito eleito da Capital alegou ainda que o serviço fornecido pela concessionária do transporte coletivo urbano não justifica nenhum aumento no valor da passagem paga atualmente pelo campo-grandense.

A reunião entre Bernal e Trad, bem como suas respectivas equipes de transição, acontece a portas fechadas. Marquinhos, que espera tomar conhecimento da situação financeira do município nesta segunda-feira, destacou que ainda não ouviu do atual prefeito nenhuma afirmação de aumento de tributos para sua gestão.

Antes de começar o encontro com o prefeito, Marquinhos voltou a dizer que espera ‘conhecimento, honestidade, lealdade e competência técnica’ de seu secretariado, e que alguns nomes, que ele mantém em sigilo, serão ‘sabatinados’ em breve.

Outro questão debatida antes do início do encontro foi o pagamento do 13º salário dos servidores municipais, que Marquinhos revelou ter conhecimento de que será pago até o próximo mês de dezembro. O futuro prefeito de Campo Grande ainda afirmou que a prefeitura terá condições de arcar com a folha salarial de janeiro de 2017.

Jornal Midiamax