Política

PSDB não deve fazer oposição a Marquinhos na Câmara, diz governador

Segundo Azambuja, não há nenhum encaminhamento neste sentido

Midiamax Publicado em 17/11/2016, às 22h53

None
camara2.jpg

Segundo Azambuja, não há nenhum encaminhamento neste sentido

Durante reunião que marcou reencontro dos dois candidatos do segundo turno das eleições de 2016, o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) apontou a construção de uma nova postura entre o executivo e o legislativo municipal. Segundo ele, o prefeito eleito, Marquinhos Trad (PSD), terá todo apoio da gestão estadual, inclusive da vice-governadora derrotada nas urnas, Rose Modesto (PSDB). O governador arriscou ainda a inexistência de um grupo opositor no parlamento.

Sobre o assunto tratado na reunião, o governador destacou que foram tratados temas prioritários da cidade. “Agora vamos ter facilidade no diálogo. Foram discutidas aqui ações positivas para a cidade. Sabemos que não dá para fazer tudo, mas dá para fazer muito. Logo no início da gestão – de Marquinhos – é possível a recuperação de vias e uma parceria com o governo do Estado na área da saúde. Rapidamente, também é possível melhorar a capacidade habitacional da cidade”, disse o governador.

Reinaldo destacou ainda que não há qualquer diálogo a respeito da construção de cargos para a nova administração municipal. “Isso é responsabilidade do prefeito eleito. Assim que definir a equipe, vamos nos reunir para tratar desses projetos. Ninguém discutiu sobre cargos aqui”, completou.

Questionado sobre o PSDB ter garantido o maior número de parlamentares na Casa, o governador garantiu ainda que não há qualquer encaminhamento para uma política de oposição em relação ao novo prefeito, ressaltando apenas, o papel fiscalizador dos vereadores. “A fiscalização é uma obrigação, independente de ser oposição ou situação. É uma prerrogativa inerente ao poder legislativo. Estamos discutindo posição, mas posição trantando do que é melhor para Campo Grande”, garantiu.

Além do governador e do prefeito eleito, parciparam da reunião os vereadores eleitos pelo PSDB, André Salineiro, João Rocha, Júnior Longo , João César Mattogrosso , Wellington de Oliveira , Antônio Cruz e Lívio. Também estiveram presentes vereadores eleitos que integraram a coligação a favor da candidatura de Rose Modesto. São eles: Gilmar da Cruz (PRB), Roberto Santana (PRB), Carlos Borges (PSB), Francisco Saci (PSB), Lucas de Lima (SD), Epaminondas Vicente Silva (SD), Odilon de Oliveira (PDT) e Ademir Santana (PDT).

A reunião também marcou reencontro com a principal rival nas eleições deste ano, a vice-governadora Rose Modesto (PSDB), que durante evento, ressaltou que as eleições acabaram e que a partir de agora, o governo seguirá trabalhando no que for melhor para Campo Grande. 

Jornal Midiamax