Política

Presidente do PT-MS acredita que ‘Lula ministro’ é a salvação do governo petista

Ex-presidente foi nomeado nesta tarde

Jessica Benitez Publicado em 16/03/2016, às 18h17

None
biffi-pt.jpg

Ex-presidente foi nomeado nesta tarde

A nomeação do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva como chefe da Casa Civil foi comemorada pela direção do PT sul-mato-grossense e é vista como 'salvação' ao governo de Dilma Rousseff (PT). A anúncio acabou de ser feito em nota pela chefe do Executivo, mas já era previsto desde a semana passada. 

O presidente regional do PT, Antônio Carlos Biffi, alega que Lula entra oficialmente na administração para contribuir com experiencia de oito anos à frente do Brasil. “Ele empresta ao governo da Dilma essa contribuição muito grande e com certeza os problemas que ela não resolveu ou demorou para resolver, ele vai dar agilidade”, disse.

Quanto as afirmações da oposição de que a nomeação seria estratégia pata livrá-lo do juiz Sérgio Moro, responsável por julgar o pedido de prisão feito pelo MPE-SP (Ministério Público Estadual de São Paulo), ele tem outra visão. “Isso faz parte de uma reforma ministerial, metade (do comando dos Ministérios) vai ser modificado, então esse será um novo alento, nova perspectiva (ao governo)”.

O dirigente avalia que Dilma é mais técnica do que política, ao contrário de Lula. “Ele tem mais habilidade para conversar co o Congresso, com os partidos, com os governadores”. Para ele o Brasil vai sentir os efeitos 'Lula' daqui uns cinco ou seis meses. 

Jornal Midiamax