Política

Prefeito passa por cirurgia e vice pode assumir Bonito até o fim do mandato

Decisão depende de avaliação médica, diz o vice

Midiamax Publicado em 18/11/2016, às 18h43

None
leleco.jpg

Decisão depende de avaliação médica, diz o vice

O prefeito de Bonito, Leonel Lemos de Souza Brito, conhecido como Leleco (PDT), passou recentemente por uma cirurgia e pode deixar o comando da cidade até o fim de seu mandato. Segundo o próprio vice, Josmail Rodrigues (PR), que assumiria a prefeitura neste caso, a situação está sendo analisada e depende ainda da avaliação medica.

De acordo com Josmail Rodrigues, Leleco passou recentemente por uma cirurgia no intestino, mas ainda não se afastou do cargo de prefeito. “Ele não pediu oficialmente licença médica e ainda estamos analisando a situação”, explicou.

Josmail garante que a informação de que Leleco já teria deixado o município e que não voltaria neste ano “é fofoca”, e demonstrou preocupação em relação a situação financeira da prefeitura. “Estão espalhando comentários desse tipo, mas Leleco continua como prefeito. Essa situação é delicada, precisa ser analisada, até porque assumir uma Prefeitura no fim de mandato é complicado, ainda mais quando as contas não fecham, como está acontecendo em várias cidades do País”, justificou.

Ainda segundo o vice-prefeito, o afastamento de Leleco seria por questões de saúde, mas o medico ainda estaria avaliando condições dele continuar à frente da prefeitura. “Não tem nada decidido, talvez poderemos ter uma resposta definitiva até a próxima quarta-feira (23) ou depois, vai depender do que o medico disser”, completou.

O Jornal Midiamax tentou contato com o atual prefeito, mas seu celular estava desligado. O vice-prefeito Josmail não soube dar detalhes sobre o estado de saúde dele, mas garantiu que “está bem” após a cirurgia. Em caso de afastamento, a prefeitura deve publicar um comunicado oficial.

Prefeitos – Leleco chegou ao posto de prefeito depois que Geraldo Marques foi eleito em 2012 e foi cassado. Eles eram adversários políticos na ocasião. Na eleição suplementar ele acabou derrotando o candidato do PSDB, Odilson Soares, que voltou às urnas neste ano e venceu as eleições contra o atual vice-prefeito.

Josmail concorreu as eleições de 2016 e perdeu com 42,78% dos votos. Enquanto o prefeito eleito Odilson Soares obteve 7.279 votos, o atual vice recebeu 5.442.

Jornal Midiamax