Política

População vai às ruas contra aumento salarial de vereadores em MS

Ato está marcado para às 18h desta terça-feira

Jessica Benitez Publicado em 22/03/2016, às 17h03

None
15.jpg

Ato está marcado para às 18h desta terça-feira

Não é somente o cenário nacional que gera protestos em Mato Grosso do Sul. Esta marcado para tarde desta terça-feira (22) às 18h ato contra o projeto de lei que prevê aumento salarial dos vereadores de Aquidauana de R$ 6.563 para R$ 7.596 a partir de 2017, já aprovado pelos legisladores. O ponto de encontro será na Praça Nossa Senhora da Conceição.

De acordo com publicação no site da Casa de Leis o texto prevê a recomposição anual ao subsídio dos vereadores da atual legislatura, no percentual de 10,54%, baseia-se no IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado), acumulado no período de janeiro a dezembro de 2015 e a contar de 01 de março de 2016.

Já em 2017 o salário será correspondente a 30% do que ganha o deputado estadual que hoje tem remuneração de R$ 25.322, ou seja, os vereadores passam a ganhar R$ 7.596. De acordo com o Portal da Transparência da Câmara atualmente eles recebem R$ 6.563.

A matéria concede reposição dos subsídios para 2016 e estabelece o novo subsídio ao Legislativo a partir de janeiro do ano que vem. A aprovação ocorreu em única discussão e por unanimidade. Apenas um vereador tucano não votou porque não compareceu à sessão.

Jornal Midiamax