Política

Na reta final, campanhas acionam de Puccinelli a Aécio para pedir votos

Eleição ocorre dia 2 de outubro

Jessica Benitez Publicado em 22/09/2016, às 17h34

None
aecio.jpg

Eleição ocorre dia 2 de outubro

Na reta final da campanha eleitoral os candidatos tanto a prefeito quanto a vereador usam 'caciques' partidários para pedir voto. Os nomes vão do senador Aécio Neves (PSDB) ao ex-governador do Estado André Puccinelli (PMDB) que aparecem nas inserções (filmes de 30 segundos exibidos durante os intervalos das programações abertas), nas redes sociais e até mesmo no horário eleitoral gratuito.

Em vídeo compartilhado em algumas páginas do Facebook, Aécio, que disputou a presidência da República em 2014, agradece aos sul-mato-grossenses pela apoio à época, ressaltar que mesmo não vencendo “a caminhada continua” e, por fim, pede votos à vice-governadora e candidata à Prefeitura de Campo Grande, Rose Modesto (PSDB).

A filmagem, porém, não foi compartilhada na página da tucana. O senador Cristovam Buarque (PPS) fez o mesmo na propaganda do candidato a prefeito Athayde Nery (PPS). Na Capital o partido está rachado, alguns filiados seguem na base do chefe do Executivo Alcides Bernal (PP) que tenta reeleição.

Já Puccinelli aparece nas inserções dos candidatos a vereador pelo PMDB. A sigla não tem nome à Prefeitura, por isso lançou somente chapa proporcional pura. O ex-governador também tem ido ao interior do estado pedir votos e não tem usado seus perfis nas redes sociais para o mesmo cunho.

O deputado federal José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, tem feito o mesmo pelos candidatos petistas. Mas não tem dado ênfase à campanha do vereador Marcos Alex (PT) que disputa a sucessão de Bernal. Tanto que o parlamentar não esteve no lançamento da candidatura ao Executivo de Campo Grande.

Na propaganda eleitoral concorrentes à Câmara Municipal pelo PTB, o ex-prefeito e presidente do partido, Nelson Trad Filho, é quem aparece para reforçar o pedido de voto. O PTB faz parte da coligação encabeçada pelo PSD que tem o deputado Marquinhos Trad na disputa pelo comando da cidade.

Jornal Midiamax