Política

Ministra Cármen Lúcia é eleita presidente do STF para o biênio 2016/2018

Dias Tofolli é o vice

Jessica Benitez Publicado em 10/08/2016, às 19h22

None
carmenlucia.jpg

Dias Tofolli é o vice

Na sessão plenária desta quarta-feira (10), a ministra Cármen Lúcia foi eleita, por 10 votos a 1, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) para o biênio 2016/2018, sendo que a posse ocorre em 12 de setembro. Ela, que será segunda mulher a exercer o cargo,vai acumular a Presidência do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). O ministro Dias Tofolli fica como vice-presidente durante o mesmo período.

O ministro Celso de Mello parabenizou a dupla pela eleição e disse que ambos saberão como proceder em meio à crise político-econômica que assola o Brasil. “Eles saberão agir com prudência, segurança e sabedoria para assegurar que a Suprema Corte estará atenta a sua responsabilidade institucional, mantendo o desempenho isento, independente e imparcial da jurisdição”, disse.

A ministra Cármen Lúcia graduou-se em 1977 pela Faculdade Mineira de Direito da PUC (Pontifícia Universidade Católica )de Minas Gerais. É também mestre em Direito Constitucional pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e cursou especialização em Direito de Empresa pela Fundação Dom Cabral e integra a Corte desde 2006. O vice-presidente, integra o STF desde outubro de 2009. Atuou como advogado-geral da União e foi presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Jornal Midiamax