Política

Governo explica reunião na governadoria e nega encontro partidário

Governo corrigiu informação dada por aliado

Ludyney Moura Publicado em 25/01/2016, às 21h26

None
elizeu_e_sergio.jpg

Governo corrigiu informação dada por aliado

O governo estadual negou que a governadoria tenha sido sede de um encontro partidário na manhã desta segunda-feira (25), como havia sido anunciado pelo deputado federal Elizeu Dionizio (PSDB) em seu perfil nas redes sociais.

O governo, por meio da assessoria de comunicação, pontuou que “a reunião mencionada era de trabalho para definir as ações do Governo no interior para o ano de 2016, e contou com a participação do secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paula e de todos os coordenadores regionais do Governo do Estado, que estão lotados na Casa Civil, conforme informação do Portal da Transparência”.

Na verdade, o deputado tucano postou o encontro afirmando e pode ter se equivocado. “Nesse momento na Casa Civil com o secretário de Governo Sergio de Paula em reunião com os coordenadores regionais do nosso partido (SIC)”, postou o Elizeu.

A postagem foi corrigida logo após a publicação da matéria no Jornal Midiamax. Além de confundir o cargo de Sérgio, que é o secretário da Casa Civil e não de Governo, função ocupada por Eduardo Riedel, o deputado também corrigiu a informação.

“Nesse momento com o Chefe da Casa Civil Sérgio de Paula em reunião com os representantes regionais do nosso governo”, corrigiu Elizeu já no final da manhã. 

Os coordenadores regionais, cargo criada na gestão de Reinaldo Azambuja, são agentes políticos lotados na Casa Civil com a função de intermediar demandas dos municípios. 

Jornal Midiamax