Política

Em defesa de Cunha, deputado de MS ‘bate boca’ com seguidores no Facebook

Carlos Marun confirma voto contra cassação

Midiamax Publicado em 13/09/2016, às 00h37

None
marun.jpg

Carlos Marun confirma voto contra cassação

Defensor ferrenho de Eduardo Cunha, o deputado federal de Mato Grosso do Sul, Carlos Marun (PMDB), debateu sobre o assunto da cassação com seguidores em sua página no Facebook. A princípio, a ideia seria defender seu posicionamento sobre o caso, mas diante de alguns comentários favoráveis à cassação, o parlamentar se exaltou e teve até ‘bate-boca’.

Inicialmente o debate estava sendo alimentado por Marun, que apresentava justificativas sobre seu voto no processo que pode cassar Cunha. “O que justificaria a cassação seria o fato de o dinheiro que abasteceu este trust ter sido ganho ilicitamente. E não existe nem uma prova em relação a isto. Ao contrário, a própria acusação reconhece que ela já possuía este recurso em 1998 quando concorreu pela primeira vez a deputado”, disse em um dos comentários.

Críticas foram sendo colocadas por diversas seguidores e Marun demonstrou compreensão, embora demonstrasse claramente que nada influenciaria seu voto. “Nada do tu que tu dizes muda a minha opinião de querer um julgamento justo. E se tivesses lido o artigo não estarias falando em absolvição, porque não é isto que eu defendo”, respondeu a um seguidor.

Os argumentos continuaram sendo expostos até que o deputado sul-mato-grossense se irritou com um dos internautas, que pediu posicionamento sobre a votação. “Queremos ver seu voto sobre a cassação do Eduardo Cunha”, indagou. Em seguida, parlamentar comentou que seria contrário e de resposta recebeu a palavra “nojo”, do seguidor.

Diante do comentário, Marun rebateu. "Eu é que tenho nojo de um verme como você”, disse ao primeiro. “Você é um fake tão porcaria que esqueceram até de botar uma foto no teu perfil. Some daqui tranqueira”, disse a outro. Como resposta, o seguidor que teve o nome citado pelo parlamentar rebateu. “Não lhe ofendi. Você, como Deputado Federal, deve ter o mínimo de decoro”.

Depois do episódio, os comentários do deputado cessaram, porém seguidores continuaram debatendo o assunto no perfil do parlamentar. Um deles chegou a questionar o deputado. “Fica aqui uma crítica como aqui a vossa excelência aprova uma candidatura PMDB e PT ? Na minha cidade?”. O questionamento seria em resposta a críticas diretas feitas pelo parlamentar na mesma publicação. Outros ressaltaram que assistiam a sessão e até imagens de 'vomitaço' foram publicadas, mas o deputado não se pronunciou. 

Jornal Midiamax