Política

Disputa pela prefeitura da cidade de Costa Rica será entre PR e PSDB

Os candidatos a vice são do DEM e PV, respectivamente

Midiamax Publicado em 12/08/2016, às 13h14

None
Na foto o atual prefeito Waldeli dos Santos e a professora Evair Gomes (Foto: montagem/Midiamax)

Os candidatos a vice são do DEM e PV, respectivamente

Nas eleições de outubro próximo, em que serão eleitos prefeitos, vices e vereadores, a disputa pela administração da prefeitura na cidade de Costa Rica, distante 308 quilômetros de Campo Grande, será entre o atual prefeito do município, Waldeli dos Santos Rosa, do PR e a professora Evair Gomes Nogueira, do PSDB.

Segundo o prefeito Waldeli são estas duas chapas que irão concorrer ao pleito, já que nenhuma outra demonstrou interesse. Ao ser questionado sobre a sua relação com sua concorrente, ele afirma que com a professora em si é boa, mas não com o partido na cidade.

“Não tenho problema nenhum com a professora Evair, pleo contrário em outras eleições já fomos até parceiros. A nossa dificuldade de relacionamento é com o PSDB municipal, pois o presidente da sigla em Costa Rica é muito radical, mas com o partido do governo, em nive estadual não temos problema. De qualquer forma espero que seja uma disputa tranquila”, destacou o prefeito.

A professora Evair também confirma a voa relação com o atual chefe do executivo municipal, mas enfatiza que por alguns posicionamentos distintos resolveu concorrer a eleição. “Não tenho problema alguma com o atual prefeito, apenas temos opiniões diferentes de algumas coisas. Tenho certeza que será uma disputa tranquila”.

Ela ainda ressaltou que há tempo é envolvida com a política. “Eu sempre fui envolvida com a política. Hoje sou presidente municipal do meu partido, mas já fui primeira dama, vice prefeita, secretaria de educação, assim com a primeira vereadora na cidade, de 2004 a 2008”.

Waldeli já registrou sua candidatura. Ele faz parte da coligação 'Novos Desafio. Novas Conquistas' com os partidos PDT, PTB, PMDB, PPS, DEM, PSB, PEN, PSD, PTdoB e PROS. À Justiça Eleitoral o republicano declarou R$ 15,3 milhões.

O advogado Roberto Rodrigues (DEM) ocupa a função de candidato a vice-prefeito na chapa. Ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) ele declarou R$ 263,6 mil em bens. A coligação lançou 22 vereadores, também segundo consta no sistema eleitoral.

Evair informou que irá efetuar o registro da sua candidatura na tarde desta sexta-feira. Segundo ela, o seu candidato a vice é Penides Garcia, do PV e a chapa vai lançar 20 candidatos a vereadores. Sua candidatura conta com o apoio do PP, PV, PT e PSC.

Jornal Midiamax