Política

Deputado diz que prefeito será ‘mero expectador’ das eleições em Dourados

Prefeito vai ficar em cima do muro

Midiamax Publicado em 27/01/2016, às 11h06

None
geraldo_e_zauith.jpg

Prefeito vai ficar em cima do muro

O prefeito de Dourados, Murilo Zauith (PSB), está dizendo a aliados que não vai declarar apoio a nenhum candidato na disputa pela prefeitura do Município. O partido de Zauith tem como pré-candidato o deputado Barbosinha, que é apoiado pelo também deputado, Zé Teixeira, mas ele não parece preocupado.

Segundo o deputado Geraldo Resende (PMDB), que também está de olho na Prefeitura de Dourados, Murilo tem conversado com vários dirigentes partidários e declarado que não vai para a campanha.

“O prefeito tem sido bastante enfático de que não se envolverá no processo político. Não terá candidato. Será mero expectador do processo eleitoral do dia 2 de outubro. Ele tem dito que a única preocupação é terminar bem e deixar casa arrumada para o sucessor. E eu acredito na palavra do prefeito. Não encabeçará nenhum processo de construção de candidatura”, declarou Geraldo.

O discurso de Zauith para Resende é próximo ao feito ao presidente do PT em Dourados, Dirceu Longhi. Ele disse ao petista que não vai ajudar ninguém e que apoiaria o candidato que se viabilizasse.

Murilo tem o apoio de todos os partidos que estão de olho na Prefeitura de Dourados. PT, PSDB e PMDB ajudaram a elegê-lo e agora estão de olho no cargo. Além de Resende e Barbosinha, o Município tem como pré-candidatos Marcal Filho (PSDB), Délia Razuk (PR) e Elias Ishi (PT). 

Jornal Midiamax