Política

Com propaganda na TV há uma semana, 3 candidatos a prefeito não gravaram

Pedrossian Filho, Suél Ferranti e Lauro Davi ainda não apareceram

Ludyney Moura Publicado em 03/09/2016, às 18h11

None
38248-308578.jpg

Pedrossian Filho, Suél Ferranti e Lauro Davi ainda não apareceram

Dos candidatos a prefeito de Campo Grande, 20% deles ainda não tem pronto programa para programa eleitoral gratuita no Rádio e na Televisão.

No tempo destinado à propaganda eleitoral deste sábado (3), o PSTU, o PROS e o PMB, sequer apresentaram seus candidatos.

O candidato do PSTU, o servidor federal Suél Ferranti, afirmou que a gravação de seu programa eleitoral está programado para este final de semana. Segundo ele, o principal problema de sua, motivo do atraso na programação, foi a ‘questão financeira’.

Já o filho do ex-governador Pedro Pedrossian, o ex-deputado federal Pedro Pedrossian Filho, candidato a prefeito pelo Partido da Mulher Brasileira disse à reportagem que gravou na sexta-feira (2) seus programas, que devem estar no até a próxima segunda-feira (5). Ele alegou que o motivo da demora foi ‘desencontro de informação’ dentro de sua equipe.

O presidente municipal do PROS, Abrahão Malulei, culpou a troca de candidato pelo atraso na gravação do programa eleitoral de Rádio e TV da sigla. O empresário Luiz Pedro Guimarães desistiu do pleito e foi substituído pelo ex-deputado estadual Lauro Davi. 

Jornal Midiamax