Política

Casal Picarelli vai para o PSDB e amplia força de Azambuja

Filiação acontece dia 3 de março

Midiamax Publicado em 26/02/2016, às 15h12

None
foto03.jpg

Filiação acontece dia 3 de março

O deputado estadual Maurício Picarelli (PMDB) e a vereadora de Campo Grande, Magali Picarelli (PMDB), vão mesmo deixar o PMDB para se filiar ao PSDB, do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A reportagem apurou, com lideranças tucanas, que inclusive a filiação deve ocorrer no dia 3 de março.

Procurada pela reportagem, a vereadora Magali Picarelli não confirmou que está fechado, mas disse que há uma conversa entre o casal e o PSDB. “Estamos pensando junto com o pessoal da nossa base, com pessoas nossas e o Maurício com os colegas dele”, declarou.

A reportagem já havia anunciado que o PSDB estava trabalhando para trazer Picarelli e aumentar a bancada na Assembleia. Ele é considerado peça chave no investimento tucano para conseguir reverter o jogo desfavorável na Assembleia.

O PSDB tem o governo, mas com a eleição de Azambuja perdia em força para o PMDB. Eles tinham quatro deputados, contra seis do PMDB. Com a abertura da janela partidária, o grupo de Azambuja está investindo e vai chegar a sete deputados, com ganho de três.

Beto Pereira foi o primeiro a ceder. Ele brigou na Justiça e conseguiu se desvincular do PDT. Depois foi a vez de Mara Caseiro, que pulou do PTdoB para o PMB e ontem anunciou que se filiará no partido no dia 3 de março.

Jornal Midiamax