Política

Candidato aplica recursos da internet para conquistar eleitor da Capital

Esta é a primeira vez que ele disputa uma eleição

Midiamax Publicado em 12/09/2016, às 15h12

None
Foto: Cleber Gellio / MidiaMax

Esta é a primeira vez que ele disputa uma eleição

Em meio a primeira eleição em que se coloca em prática as novas regras da reforma política de 2015, em que trouxe varias mudanças, além de ser após diversos escândalos políticos, onde a classe ficou bastante exposta e sendo questionada, o candidato a vereador João Henrique Miranda (PSDB), aposta na internet e nas novas tecnologias para fazer a diferença neste pleito.Candidato aplica recursos da internet para conquistar eleitor da Capital

Ao vivo pelo Facebook falando com os eleitores pelas ruas da cidade e se colocando a disposição em grupos de WhatsApp para ser questionado sobre suas ideia e planos de governo, além de ouvir as reivindicações da população. Este é o método mais utilizado na campanha do candidato, que segundo ele, se não for o mais novo da coligação “Juntos Por Campo Grande”, é um deles.

João Henrique, como é conhecido, em visita ao Jornal Midiamax, relatou que faz a “carona coletiva”, que é entrar em um ônibus da cidade e fazer gravações ao vivo pelo Facebook conversando com a população e deixando elas falarem de seus anseios. Outra ação que ele destaca é que após contato por suas páginas sociais, divulgando seu contato de telefone, algum amigo ou qualquer outro cidadão, o adicionar em grupos de WhatsApp, ele fica 24 horas sendo sabatinado e recebendo durante todo o dia perguntas e questionamentos dos membros do grupo.

Ele enfatiza que nunca viu alguém fazer esse tipo de campanha. “Com isso eu tenho um contato direto com os eleitores e consigo expor minhas ideias que pretendo colocar em prática se vir a ingressar na Câmara de Vereadores. Nunca vi ninguém fazer isso, a minha campanha é quase que totalmente pelas redes sociais e aplicativos e celular. Vejo que ninguém quer mais ficar na frente da televisão ou recebendo santinho e sim saber o que posso fazer por eles”

Ao ser questionado o por que de seu interesse em disputar esta eleição, sendo esta a primeira vez que o faz, ele se disse cansado de esperar pelos que ele sempre votou e não viu nada na pratica. “Quero fazer diferente e para isso estou indo até as pessoas e mantendo um contato direto via rede social e aplicativos de celular”.

O candidato contou que não largou mão dos métodos tradicionais de campanha, mas seu foco é na interatividade. “Eu saio pelas ruas da cidade e abordo as pessoas estando ao vivo pelo Facebook, para mostrar total transparência quanto as falas. Sei que isso pode me trazer falar negativas, talvez, por muitos que não querem falar de política, mas acredito que esta forma espontânea é a melhor opção de se fazer política”.

Sobe ser ele mesmo que responde as perguntas via WhatsApp e tanto a página pública de Facebook e sua particular, assim como Twitter e outros meios de comunicação, ele afirma que sim e que se não pode escrever, envia um áudio e se possível uma gravação respondendo.

João Henrique finalizou dizendo que enquanto muitos candidatos entregam santinhos, apenas com o número, partido e nome, pedindo voto, ele entrega suas propostas de governo e uma delas é a seleção de ideias populares, que é um envio on-line que o cidadão pode fazer, que será analisada e filtrada por uma comissão, podendo ser transformada em projeto de lei.

Jornal Midiamax