Política

Câmara desiste de sessão comunitária e ouvirá população em novo formato

Moradores usavam espaço para ‘puxar orelha’ dos vereadores

Evelin Cáceres Publicado em 11/03/2016, às 21h09

None
sessao.jpg

Moradores usavam espaço para ‘puxar orelha’ dos vereadores

A Câmara Municipal de Campo Grande vai desistir das sessões comunitárias, que levava toda a estrutura da sessão que acontece na Casa de Leis, para os bairros. Nessas ocasiões, a população aproveitava a proximidade do Legislativo para reclamar e até mesmo chamar a atenção dos parlamentares. 

O novo projeto, chamado de Câmara Comunitária, será lançado na próxima quarta-feira (16) e os vereadores percorrerão os bairros para ver e ouvir de perto as reivindicações dos moradores.

Segundo nota da Câmara, o presidente da Casa, vereador João Rocha (PSDB), alegou que a presença dos vereadores nos bairros se faz necessária “independente do momento político”.

Neste formato, os vereadores devem caminhar pelos bairros e fazer ações em escolas, “levando temas de relevância como educação política e o combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya”.

Agenda

O ponto de encontro será na Escola Municipal Sebastião Lima, localizada na Rua Dr. Jaír García, 215. Antes do início da ação, será realizada uma coletiva de imprensa para anunciar mais detalhes do projeto.     

Jornal Midiamax