Política

Biffi diz que oposição está ‘apavorada’ com Lula por causa de articulação política

"Lula sofre perseguição política", disse

Diego Alves Publicado em 16/03/2016, às 22h15

None
biffifoto.jpg

"Lula sofre perseguição política", disse

“O presidente Lula será um articulador político”, disse o presidente regional do PT-MS (Partido dos Trabalhadoresde Mato Grosso do Sul), Antonio Carlos Biffi. Ainda de acordo com Biffi, o ex-presidente Lula sofre perseguição política e o fato de ser nomeado como ministro da Casa Civil não o deixa imune.

“Está sendo perseguido por causa de uma chácara de 17 mil e um pedalinho”, disse. Ainda segundo o presidente regional os últimos protestos foram financiados e a oposição está “apavorada” com o fato da nomeação do ex-presidente por causa de sua articulação política. “O Brasil tem R$ 380 bilhões em caixa, o FHC deixou R$ 26 milhões”, argumentou.

A presidente Dilma Roussef concedeu na tarde desta quarta-feira (16) coletiva de imprensa em que anunciou e esclareceu aspectos políticos e técnicos da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao cargo de ministro chefe da Casa Civil. Dilma defendeu o nome de Lula para integrar o primeiro escalão do governo e criticou os ataques contra o ex-presidente.

A presidente Dilma Roussef concedeu na tarde desta quarta-feira (16) coletiva de imprensa em que anunciou e esclareceu aspectos políticos e técnicos da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao cargo de ministro chefe da Casa Civil. Dilma defendeu o nome de Lula para integrar o primeiro escalão do governo e criticou os ataques contra o ex-presidente.

A presidente também declarou que a nomeação de de Lula "fortalece o governo" e negou que, ao contrário do apontado pela oposição, o ex-presidente não iniciará um 'terceiro mandato'. "Lula não vai governar, vai somar ao governo. Ele não influenciará na economia, o ministro da Fazenda continuará o mesmo, com a mesma autonomia".

Jornal Midiamax