Política

Apoio de Nelsinho a Geraldo em Dourados pode abrir vaga para o irmão

  Vitória de tucano levaria Fábio de volta à Câmara

Ludyney Moura Publicado em 12/07/2016, às 11h55 - Atualizado em 17/07/2020, às 23h52

None
ptbddo0.jpg
Vitória de tucano levaria Fábio de volta à Câmara

O ex-prefeito de Campo Grande e presidente regional do PTB, Nelsinho Trad, tem viajado o Estado no intuito de ampliar as bases do partido e selar alianças. No final da última semana, o acordo fechado com  o PSDB em Dourados pode trazer de volta à vida pública seu irmão, o ex-deputado federal Fábio Trad.

Fábio é suplente da coligação que elegeu Geraldo Resende, hoje no PSDB, para a Câmara dos Deputados, e o deputado federal, eleito pelo PMDB, é o nome tucano para disputar a sucessão de Murilo Zauith (PSB).Apoio de Nelsinho a Geraldo em Dourados pode abrir vaga para o irmão

“O deputado Geraldo Resende através da sua trajetória política demonstrou com a sua persistência e a sua força de trabalho que está preparado para exercer o cargo do Executivo de uma cidade do porte de Dourados, a segunda maior cidade do Mato Grosso do Sul”, declarou Nelsinho ao selar apoio ao tucano.

A dupla, que já esteve junta no PMDB, também ganhou o apoio do PSD em Dourados. “Estou muito contente com as alianças que estamos construindo, estamos fazendo um grupo forte, com chances reais de vencer as eleições“, disse Resende.

Geraldo deixou o PMDB e migrou para o ninho tucano para ter o apoio do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na disputa pela prefeitura, seu principal objetivo político.

“Entendo que a vida deu ao Geraldo toda oportunidade para que ele chegasse nesse momento e pudesse afirmar ‘estou pronto e preparado para ser prefeito de Dourados’. Tenho a certeza que o PTB junto com o deputado vão fazer com que Dourados possa viver dias melhores e que tenha uma administração exemplar", emendou Nelsinho.

Além do petebista, o encontro partidário também contou com a presença do PSD em Mato Grosso do Sul, o advogado Antônio Cezar Lacerda, e o presidente do PTB em Dourados, Auro César Caimar. 

Jornal Midiamax