Política

Vereadora nega ser pivô de orquestração contra Gilmar Olarte na feira

Parlamentar diz que população tem senso crítico

Midiamax Publicado em 08/08/2015, às 10h52

None
5f1296dd0805014049f473810f003a9c.jpg

Parlamentar diz que população tem senso crítico

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) rebateu as acusações de que seria uma das orquestradoras das vaias contra o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), na abertura do Festival do Sobá, na quinta-feira (6).

A vereadora pontuou que a população tem senso crítico, especialmente, quando é diretamente atingida. Ela também criticou a postura do prefeito, alegando que ele precisa entender que os tempos são outros.

“O prefeito deve entender que são novos tempos, onde o governante não é mais um rei e sim um prestador de serviços”, opinou. Segundo a vereadora, manifestações são contra a administração.

A vereadora também justificou a presença no evento e o porquê de não ter pedido para ser anunciada pelo cerimonial. “Estive na Feira Central para prestigiar a abertura do Festival do Sobá, mas cheguei tarde à cerimônia, sem tempo de subir no palanque, porque cumpria agenda na sede do PPS. Afirmo que não orquestrei nenhuma manifestação e nunca houve da minha parte entusiasmo ao criticar o governo. Considero as vaias, e outras manifestações, legítimas da liberdade de expressão”, concluiu.

Ontem, o prefeito acusou a oposição e a vereadora Luiza Ribeiro de orquestrar as vaias na abertura do festival. Ele disse que causou estranheza o fato da vereadora estar no evento, atuando pelas sombras.

Jornal Midiamax