Política

Vereador desiste de redução e Câmara continuará com 29 parlamentares

Reforma fez vereador recuar

Midiamax Publicado em 22/06/2015, às 09h59

None
download.jpg

Reforma fez vereador recuar

O vereador Airton Saraiva (DEM) desistiu de apresentar o projeto solicitando redução do número de vereadores na Câmara de Campo Grande. O vereador anunciou no mês passado que faria o pedido, mas recentemente disse ao Midimax que desistiu.

“Na realidade eu dei uma segurada. A reforma política não modificou absolutamente nada. Alterou muito pouco a distribuição das cadeiras. Não haverá necessidade. Foram poucas mudanças”, justificou.

Saraiva tinha como objetivo reduzir de 29 para 23 o número de parlamentares na Câmara. À época justificou que a medida tinha por objetivo garantir a sustentabilidade da Casa, frente a possível redução no repasse de verbas.

O projeto não foi muito bem recebido por alguns vereadores, que alegaram prejuízo. Na avaliação de alguns parlamentares, a redução não se justificava, visto que o aumento no número nesta legislatura, de 21 para 29, contribuiu para uma maior representatividade na Câmara.

“O aumento do número de vereadores deu mais força ao Legislativo e impediu, por exemplo, que a Prefeitura mantenha o controle de outros tempos”, avaliou Thais Helena (PT). Já Chiquinho Telles (PSD) defendeu a redução da verba de gabinete e não do número de parlamentares. “Então, que haja redução dentro do próprio gabinete e não no número de vereadores, senão é natural que fiquem os mais riquinhos”, protestou.

Jornal Midiamax