Política

Reinaldo recebe Fórum dos Servidores para discutir reajuste salarial

Servidores querem convencer Governo sobre reajuste

Evelin Cáceres Publicado em 21/05/2015, às 14h46

None
img-20150521-wa0047.jpg

Servidores querem convencer Governo sobre reajuste

Após o Fórum de Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul ir a Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (21) pedir uma intermediação com os deputados para tratar sobre o reajuste de maio, o líder do governo Rinaldo Modesto (PSDB) anunciou que o governador Reinaldo Azambuja vai receber os servidores nesta sexta-feira (22), 8h30.

É a primeira vez que os servidores conseguem a reunião diretamente com o governador para tratar do reajuste, já que o assunto era intermediado pelo Secretário de Estado de Governo Eduardo Riedel.

São 16 sindicatos que representam os 40 mil servidores da administração estadual e que buscam a reposição salarial. De acordo com o coordenador do Fórum, Alexandre Barbosa, as categorias já tentaram conversar com o governo, que não sinaliza acordo. “Só temos o índice zero e a promessa de reajuste em dezembro”.

No encontro desta quarta-feira (20), Riedel voltou a defender a tese de que a administração estadual não tem condições de conceder nenhum tipo de reajuste aos servidores. Além disso já ter sido feito pelo ex-governador, a queda na arrecadação impossibilita a medida.

Os servidores rebateram nesta quinta a informação. Segundo Alexandre, o Fórum teve acesso a arrecadação estadual e de janeiro a abril houve superávit de R$ 200 milhões.

Segundo os sindicalistas, em maio de 2014 o ex-governador concedeu reajuste de 7% na data-base do servidor e outro aumento de 12% para corrigir distorções na remuneração dos funcionários do governo estadual. Um parecer da PGE (Procuradoria-Geral do Estado) embasa a tese do governo. 

Jornal Midiamax