Política

Reinaldo destaca PSDB forte e volta a criticar votação da reforma política

Governador também destacou 'divisão de responsabilidade' na saúde da Capital

Wendy Tonhati Publicado em 20/06/2015, às 15h16

None
img-20150620-wa0080.jpg

Governador também destacou ‘divisão de responsabilidade’ na saúde da Capital

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, salientou o processo de fortalecimento do PSDB em Mato Grosso do Sul e no Brasil, durante discurso na convenção tucana na manhã deste sábado (20), na Assembleia Legislativa, em Campo Grande. No cenário nacional, destacou que no próximo dia 5 o senador Aécio Neves será reconduzido por consenso ao comando nacional do partido.

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Professor Rinaldo, também afirmou que o partido estará fortalecido em 2016 e que as principais cidades terão candidatos do PSDB. Disse que será a primeira vez que Corumbá, 444 quilômetros a oeste de Campo Grande, terá um prefeito tucano – se referindo a saída do ex-prefeito Ruiter Cunha do PT, seguido do anúncio da ida dele ao PSDB.

Reinaldo falou que o PSDB espera mais gente no partido após a reforma política e a possível abertura da janela eleitoral. Reafirmou que os textos sobre mudanças no sistema eleitoral sejam votados da forma mais correta possível no Senado.

O governador ainda voltou a criticar a falta de prioridade na questão do fim das coligações. Reinaldo falou que estes pontos podem mudar na votação no Senado e disse ser a favor da eleição geral a partir de 2022.

O chefe do Executivo estadual também comentou sobre a situação da saúde em Campo Grande. Está tudo normal na Capital, disse ele, complementando que o governo está ajudando a Prefeitura e que, na próxima semana, será anunciada o que chamou de divisão da responsabilidade no setor.

Jornal Midiamax