Política

Professores acompanham CPI para ‘entender’ contas da Prefeitura

Secretário de finanças também está na Câmara

Midiamax Publicado em 18/05/2015, às 17h39

None
camara.jpg

Secretário de finanças também está na Câmara

O presidente da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais de Educação Pública), Geraldo Gonçalves, está na Câmara Municipal para acompanhar a oitiva do secretário de administração, Wilson do Prado, na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Contas Públicas durante a tarde desta segunda-feira (18).

De acordo com Gonçalves a intenção é saber quais são as justificavas do secretário para o corte de gratificações e o não-reajuste do salário dos docentes. O presidente quer entender qual a situação financeira do município, assim como os vereadores.  

“A fala dos secretários não bate”, afirmar Geraldo.

Além de Geraldo também estão na Câmara o secretário da Seplanfic (Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Controle), André Scaff, e o adjunto, Ivan Jorge. Os responsáveis pelas finanças disseram que estão no local para dar suporte a Wilson caso seja necessário.

Também estão no plenário os vereadores Edil Albuquerque (PMDB), líder do prefeito Gilmar Olarte, Delei Pinheiro (PSD), primeiro-secretário e o presidente da Casa, Mário Cesar (PMDB). A CPI é composta pelos vereadores Eduardo Romero (presidente, PT do B), Airton Saraiva (relator, DEM), Paulo Pedra (PDT), Thais Helena (PT) e Vanderlei e Cabeludo (PMDB).

ACP

O presidente da ACP disse ainda que nesta terça-feira (19), às 7h será realizada uma assembleia sobre o indicativo de greve dos professores da rede municipal de educação. Após a assembleia os professores vão para a Câmara Municipal. 

Jornal Midiamax