Política

Oposição de Dilma ampliará justificativas em pedido de impeachment, nesta terça-feira

Oposição vai utilizar reprovação das contas da presidente

Midiamax Publicado em 13/10/2015, às 11h15

None
(Reprodução Agência Brasil)

Oposição vai utilizar reprovação das contas da presidente

A oposição ao governo da presidente da República, Dilma Rousseff (PT). definiu com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), que ampliará as justificativas de um dos pedidos de impeachment da presidente, nesta terça-feira (13).

A intenção é incluir a reprovação das contas da petista, referente a 2014, que foram rejeitadas pelo TCU (Tribunal de Contas da União) na semana passada. O TCU emitiu parecer na quarta-feira a favor da rejeição das contas de governo.

Por 8 votos a zero, os ministros entenderam que o governo cometeu irregularidades na gestão das contas federais, melhorando artificialmente o resultado do Orçamento do ano passado e evitando assim cortes de gastos em ano eleitoral.

Em reunião no sábado, os líderes de oposição do governo definiram que vão anexar ao pedido de impeachment, elaborado pelos advogados Hélio Bicudo e Miguel Raele, um parecer do procurador do Ministério Público do TCU, que acusa o Planalto de manter as pedaladas fiscais.

Jornal Midiamax