Política

MPE investiga ex-prefeita por criação de cargos públicos ilegais

Também será apurado gasto extra com combustível

Midiamax Publicado em 08/11/2015, às 17h58

None
mpe.jpg

Também será apurado gasto extra com combustível

A ex-prefeita de Fátima do Sul, município distante 237 quilômetros de Campo Grande, Ilda Salgado Machado, será investigada por eventual prática de ato de improbidade administrativa, pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul). O procedimento preparatório sobre a demanda foi publicado no Diário Oficial do MPE, de sexta-feira (6).

Conforme o Edital nº 11, a ex chefe do executivo municipal de lá teria criado cargos públicos em desconformidade com o artigo 37.

Além disso, será apurada a ausência de controle nas despesas com combustível pelo município referente ao ano de 2008.

Na ocasião, a ordenadora de despesas era a ex-prefeita, conforme foi levantado pelo TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o MPE, o procedimento preparatório é instaurado para esclarecimentos ou apurações preliminares para que, se for o caso, se instaure o inquérito civil.

Jornal Midiamax