Política

Lula presta depoimento ao MPF em investigação por tráfico de influência

Ex-presidente é suspeito de receber dinheiro para facilitar contrato de Odebrecht 

Heloísa Lazarini Publicado em 15/10/2015, às 19h29

None
Ex-presidente Lula/Foto: AP

Ex-presidente é suspeito de receber dinheiro para facilitar contrato de Odebrecht 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, prestou depoimento no MPF (Ministério Público Federal) nesta quinta-feira (15). O petista é investigado por suspeita de tráfico de influência em contratos assinados com empreiteira Odebrecht na República Dominicana e também em Cuba, entre 2011 e 2014.

O MPF investiga se Lula obteve vantagam da empresa para facilitar contratos nos dois países. Segundo Agência Brasil, o ex-presidente emitiu nota em que informou ter prestado depoimento voluntariamente e que Lula respondeu todas as perguntas feitas pelo procurador Ivan Cláudio Marx e ressaltou “jamais ter interferido em qualquer contrato celebrado entre o BNDES e empresas privadas. Mas que sempre procurou ampliar as oportunidades de divulgação dessas companhias no exterior, com vistas à geração de empregos e de divisas para o Brasil”.

Durante depoimento, Lula ressaltou que nunca interferiu na autonomia do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social). Ele disse, segundo o instituto, que os valores recebidos por suas palestras foram declarados oficialmente. “Quem desconfia do BNDES não tem noção da seriedade da instituição”, diz nota do instituto.

Por conta da investigação, o MPF solicitou cópia de documentos da Operação Lava Jato, conduzida pela Polícia Federal, que investiga desvio de recurso público, pagamento de proprina e fraudes em lictações em contratos da Petrobrascom diversas empresas, entre elas Odebrecht. 

Jornal Midiamax