Política

Jerson diz que em oito anos nunca atrasou nem meia hora salário dos servidores

Presidente da Assembleia espera resolver o impasse ainda hoje

Midiamax Publicado em 07/01/2015, às 13h05

None

Presidente da Assembleia espera resolver o impasse ainda hoje

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB), disse que em oito anos do governo André Puccinelli (PMDB) nunca atrasou pagamento de salário dos servidores. Mas espera que o repasse do duodécimo seja feito ainda hoje.

“Gostaria que fosse resolvido tudo hoje. Em oito anos não atrasei nem meia hora o salário dos servidores”, afirmou Jerson que neste tempo liberou o salário todo primeiro dia útil do mês. Por falta do repasse do duodécimo, o salário ainda não foi feito.

Jerson também rebateu as críticas de que não teria feito reserva para esta eventualidade, já que os outros poderes também receberam o duodécimo do mês de janeiro, mas pagaram os funcionários. “Todos têm fundos Ministério Público, Tribunal de Justiça, mas a Assembleia é impedida de ter reserva”, pontuou o presidente.

Segundo o parlamentar, ele conta “sempre com passe no início do mês” para pagar os servidores. Jerson disse que só poderia ter feito reserva dentro do próprio repasse, mas em dezembro com pagamento de décimo terceiro não foi possível.

O deputado diz não acreditar que o Estado não tenha arrecadado nos primeiros dias do ano a ponto de não ter recurso para repassar o duodécimo. “Em cinco ou seis dias não é possível que o Estado não tenha receita para repassar para os poderes”, criticou.

Jornal Midiamax