Política

Em meio à ameaça de CPI, Olarte convida presidente da Câmara para reunião

Mario Cesar vai pedir reunião de vereadores com todos secretários

Midiamax Publicado em 20/02/2015, às 14h13

None

Mario Cesar vai pedir reunião de vereadores com todos secretários

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), se encontrará com o presidente da Câmara, Mário César (PMDB), na tarde desta sexta-feira (20). Segundo o vereador, o prefeito lhe telefonou solicitando um encontro para falar de projetos.

O encontro entre o presidente da Câmara e o prefeito acontece em meio à ameaça de CPI. A oposição já tem oito assinaturas e precisa de apenas duas para emplacar a CPI dos Buracos, que seria a primeira na gestão de Gilmar Olarte.

Segundo o vereador, o prefeito anunciou que a reunião tem por objetivo discutir projetos para Campo Grande. Olarte não detalhou quais são os projetos, mas Mario Cesar também quer apresentar reivindicações. Os vereadores querem reunião com todos os secretários de Olarte para saber qual o planejamento de cada pasta após decreto que prevê economia na administração municipal.

O presidente da Câmara explica que o clima entre os vereadores é de expectativa para que as coisas deem certo, visto que são cobrados. Por isso, avisa que não vão deixar de pressionar para que as coisas funcionem. “Ele tem anunciado vários projetos e investimentos. Mas, cadê?”, questionou.

O vereador avalia que Olarte tem uma base de sustentação na Câmara, mas que não tem compromisso de dizer amém a tudo o que ele faz. Ele acredita que o prefeito não perderá aliados se entender que os vereadores devem cobrar.

“Mesmo os vereadores da base estão fazendo duras críticas a ele, nada pejorativo, mas construtivo. A base não diz amém a tudo, cobra também. Amigo ajuda a crescer e não puxa para baixo. Eu espero que ele não perca e conquiste cada vez mais para ter um caminho mais tranquilo. Eu me sinto bem na base enquanto ele entender que as críticas são construtivas”, concluiu.

Em relação à possibilidade de CPI dos Buracos, Mário César entende que tudo dependerá das respostas da prefeitura. Ele avalia que o anuncio de quebra de contratos com as empreiteiras e novas licitações devem contribuir de maneira positiva, visto que os vereadores aguardam uma posição da prefeitura para sanar problemas com o serviço de tapa-buraco.

Jornal Midiamax