Política

Eleições OAB: Confira votos dos candidatos por subseção

Mansour Karmouche venceu com 332 de vantagem

Guilherme Cavalcante Publicado em 21/11/2015, às 16h30

None
_mg_3507.jpg

Mansour Karmouche venceu com 332 de vantagem

Com 2.168 votos, o advogado Mansour Elias Karmouche, da Chapa 22 'Ordem e Progresso' foi eleito, na noite da última sexta-feira (20), o novo presidente da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil) para o triênio 2016-2018. Antes do resultado final, ele já foi considerado matematicamente eleito, saindo do posto de apuração antes da divulgação do resultado oficial, ovacionado por eleitores que o aguardavam na área externa da entidade.

Em segundo lugar, ficou Jully Eyder, da Chapa 33, 'Novos Rumos', com 1836 votos – uma diferença de apenas 332 votos a menos que Mansour. O advogado também saiu aplaudido por eleitores que o aguardavam fora do prédio. Em terceiro, com 866 votos, vem o candidato Afeife Mohamed Hajj, da Chapa 11, 'OAB Independente', o primeiro candidato do interior do Estado a disputar o cargo de presidente da Ordem.

Na quarta posição, vem o advogado Luiz Renato Adler, da Chapa 44, 'Uma OAB para Todos', com 839 votos, seguido pelo atual presidente da entidade, Júlio César Rodrigues, da Chapa 66, 'OAB Cada Vez Mais Forte'. Esta também foi a primeira vez que um presidente da casa tenta reeleição no Estado. Por fim, vem Lázaro Gomes (chapa 55, 'Juntos pela Ordem'), com 662 votos, apenas dois de diferença para Júlio César.

Disputas acirradas

Marcada por denúncias, pedidos de impugnação e por troca de lideranças, a corrida presidencial da OAB-MS teve início há cerca de um mês, com um total de seis chapas – um recorde sul-mato-grossense. Durante o pleito, mais de mil liminares foram impetradas na Justiça Federal, a fim de garantir o direito a voto a advogados adimplentes cujos nomes não constavam na lista e também aos que quitaram a anuidade após o prazo previsto no edital eleitoral. Somente em Campo Grande, foram 212 mandados de segurança deferidos.

Ao todo, as eleições contaram com 7.035 votos válidos em todo o Estado. Mansour Karmouche saiu vencedor em Campo Grande, com 1.365 votos, seguido por Jully Heyder, com 1.223. Já nas cinco maiores subseçõesas, o resultado variou: em Corumbá, Lázaro saiu à frente, com 58 votos, contra 48 para Mansour e 45 para Jully. Em Três Lagoas, Mansour disparou com 96 votos, contra 79 de Jully. Aquidauana trouxe Luiz Renato Adler em primeiro, com 18 votos, contra 12 de Mansour. Em Dourados, Afeife conquistou surpreendentes 462, contra 271 de Mansour e 124 de Jully. Por fim, em Ponta Porã, Júlio César obteve 97 votos.

Confira a lista completa de votos por subseção:

Eleições OAB: Confira votos dos candidatos por subseção

Jornal Midiamax