Política

Dilma anuncia Delcídio do Amaral como líder do governo no Senado

A preferência era pelo nome de um peemedebista

Diego Alves Publicado em 28/04/2015, às 01h07

None
delcidio.jpg

A preferência era pelo nome de um peemedebista

Delcídio do Amaral (PT) é o novo líder do governo no Senado. A escolha foi feita na noite desta segunda-feira (27), pela presidenta Dilma Roussef durante reunião de coordenação política, onde o conselho governista foi consultado e deu o aval de forma unânime.

Após a escolha, as primeiras informações são de que a preferência era pelo nome de um peemedebista, no caso o senador Romero Jucá (RR). A escolha por Delcídio do Amaral que assume o posto de Humberto Costa (PT-PE), é por conta da aproximação que tem com a oposição e com o PMDB. A escolha acontece às vésperas de votações como a do ajuste fiscal e aprovação de Luis Fachin, indicado por Dilma ao STF.

Em 1991, Delcídio foi diretor da Eletrosul , secretário-executivo do Ministério das Minas e Energia (1994) e ministro de Minas e Energia, de setembro de 1994 a janeiro de 1995, na gestão Itamar Franco. Fez parte da diretoria de Gás e Energia da Petrobrás durante a crise de energia de 2000/2001, no governo Fernando Henrique.

Eleito em 2002 ao Senado, Delcídio do Amaral ganhou projeção nacional em 2005 ao presidir a CPMI dos Correios, que apurou o mensalão. 

Delcídio concorreu o Governo do Estado, em 2006 e foi derrotado por André Puccinelli (PMDB) ainda no primeiro turno e, no ano passado perdeu novamente a oportunidade de ser chefe do executivo estadual, desta vez para Reinaldo Azambuja (PSDB). 

Jornal Midiamax