Política

Deputados nem assumiram e já estão de olho na Prefeitura de Campo Grande

Deputados estaduais já declaram intenção de concorrer a prefeitura em 2016

Midiamax Publicado em 06/01/2015, às 10h21

None
alms_-_dg.jpg

Deputados estaduais já declaram intenção de concorrer a prefeitura em 2016

A eleição para prefeito de Campo Grande, em 2012, foi marcada pela disputa entre três deputados federais: Edson Giroto (então PMDB), Reinaldo Azambuja (PSDB) e Vander Loubet (PT). O trio estava disposto a abrir mão do mandato para conquistar a Prefeitura, mas acabou vencido pelo deputado estadual Alcides Bernal (PP).

Desta vez, a disputa caminha para ter um número maior de deputados estaduais. Pelo menos quatro parlamentares já estudam a possibilidade de lançar candidatura à Prefeitura de Campo Grande. Marquinhos Trad (PMDB) foi o primeiro a anunciar que é pré-candidato. Mas, outros já demonstram interesse.

O deputado Pedro Kemp (PT) é um dos que estão de olho. Após várias tentativas de colegas, ele entende que é o momento dele disputar a prefeitura. Por isso, desde o ano passado já tem focado o trabalho mais para Campo Grande. Além de Kemp, o PT também tem o deputado federal e ex-governador Zeca do PT, que sempre é lembrado quando se fala em briga pelo Executivo.

O PTdoB também tem um dupla que não esconde interesse em disputar a prefeitura de Campo Grande. Mara Caseiro e Márcio Fernandes são cotados pelo partido para entrar na disputa. Márcio Fernandes nunca foi prefeito. Já Mara Caseiro administrou Eldorado por oito anos.

A luta pela prefeitura também pode trazer outros nomes novos na disputa, como a vice-governadora Rose Modesto (PSDB). Ela é muito citada dentro do partido como a pré-candidata. Se confirmada, ela deve ter como adversário o deputado federal Edson Giroto (PR), que está sem mandato e pretende visitar Campo Grande neste período até a eleição de 2016.

Como Marquinhos Trad pretende deixar o PMDB, também é grande a possibilidade do partido lançar outro nome. Neste caso, desponta o nome do deputado federal eleito, Carlos Marun. Ele também não esconde o desejo de disputar a prefeitura. Além dele ainda está na jogada o ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), que também é lembrado, e André Puccinelli (PMDB), agora sem mandato.

Embora diga que ainda não decidiu, também é grande a possibilidade de Gilmar Olarte (PP) tentar a reeleição para a prefeitura. Porém, para isso, precisaria convencer aliados a apoiar uma candidatura. No momento ele tem dificuldade até de manter a base, já que muitos estão insatisfeitos com a gestão e falta de espaço a aliados. 

Jornal Midiamax