Política

Delcídio ocupa cela improvisada de 9 metros quadrados na Polícia Federal

Delcídio deve depor nesta quarta-feira

Evelin Cáceres Publicado em 25/11/2015, às 14h16

None
delcpidio.jpg

Delcídio deve depor nesta quarta-feira

O senador Delcídio do Amaral está preso em uma cela improvisada e 9 metros quadrados na sede da Superintendência da Polícia Federal em Brasília nesta quarta-feira (25), segundo informações de uma emissora de TV.

Caso solicite outra cela, Delcídio deverá ir para a carceragem onde outros presos estão abrigados. Caberá ao plenário do Senado decidir sobre a prisão do líder do governo na Casa, senador Delcídio Amaral (PT-MS). De acordo com a Constituição Federal, desde a expedição do diploma, deputados federais e senadores não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável. A prisão do petista, contudo, foi preventiva. O pedido autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) foi feito pelo Ministério Público Federal. Coube a Polícia Federal cumprir a determinação. 

O STF tem agora 24 horas para comunicar o Senado sobre sua decisão para que os senadores decidam, por maioria dos votos, se mantém ou revogam a prisão. O Senado terá que interpretar a Constituição para saber se serão necessários 41 votos para que ele continue preso ou seja liberado.

Caberá ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), outro alvo da Operação Lava Jato, conduzir a sessão que decidirá o futuro de Delcídio. Segundo interlocutores, Renan foi comunicado da prisão do colega na manhã de hoje pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por telefone.

É a primeira vez que um senador é preso no exercício do cargo. O gabinete dele e a liderança do governo no Senado foram alvos de busca e apreensão.

Jornal Midiamax