Política

Culpando cortes da Prefeitura, Ângela Brito entrega cargo de secretária

Cortes na área 'inviabilizaram projeto'  e 'causaram desmotivação'

Midiamax Publicado em 04/05/2015, às 00h30

None
angela_brito_-_semed.jpg

Cortes na área ‘inviabilizaram projeto’  e ‘causaram desmotivação’

Culpando os cortes recentes da Prefeitura de Campo Grande, Ângela Brito entregou o cargo de secretária municipal da Educação após reunião na noite deste domingo (3). Ângela declarou que cortes recentes da Prefeitura na Semed (Secretaria Municipal de Educação) e nas escolas “inviabilizaram o projeto” e causaram desmotivação geral, nas equipes e nos gestores. 

Segundo ela, a decisão foi tomada com o secretário adjunto Osvaldo Ramos e é técnica e não política. “Entendemos a dificuldade financeira da Prefeitura, mas do ponto de vista pedagógico não há como continuar tocando a Semed com esses cortes. Foram cortes sérios”, alega.

A ex-secretária de educação ainda frisou que o número de alunos da rede municipal aumentou e os cortes vão na contramão da demanda. “Precisa de gente para trabalhar, de manter e não cortar”, alega. 

A decisão deve ser publicada no Diário Oficial do Município de Campo Grande desta segunda-feira (4), já com os substitutos.

Jornal Midiamax