Com fim de recesso, Semadur será ouvida em CPI das Contas

Comissão investiga aumento na folha de pessoal 
| 27/07/2015
- 22:11
Com fim de recesso, Semadur será ouvida em CPI das Contas

Comissão investiga aumento na folha de pessoal 

Na próxima semana os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande devem voltar ao trabalho e a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Contas Públicas retoma as suas atividades. O próximo a ser ouvido será Valdir João Gomes, responsável pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), no dia 5 de agosto.

A Comissão tem como objetivo investigar se o aumento de 40,34% na folha de pessoal da Prefeitura ocorreu por aumentos salariais praticados pelas gestões anteriores ou devido à nomeação de comissionados por parte do atual prefeito Gilmar Olarte.

Já passaram por oitiva os secretários de saúde Jamal Salem; Administração, Wilson do Prado; o diretor-presidente da Funsat, Cícero Ávila, interino de educação Wilson do Prado e diretor-presidente da Funesp, José Eduardo Amâncio da Mota, o Madrugada , a titular da Secretaria de Assistência Social, Janete Belini D’Oliveira e a diretora-presidente da Agetran, Elizabeth Félix. 

Não está descartada a possibilidade de reconvocação, caso os integrantes da CPI encontrem necessidade de mais esclarecimentos, bem como solicitação de mais documentos.

Criada no dia 5 de maio, a CPI tem como presidente Eduardo Romero (PT do B), vice-presidente Paulo Pedra (PDT), relator Airton Saraiva (DEM) e como membros Vanderlei Cabeludo (PMDB) e Thaís Helena (PT). Até o momento, mais de 200 mil páginas de documentos passam por análise.

Veja também

Duas cidades de MS funcionam como local de votação em trânsito para eleitores

Últimas notícias