Política

Chaveiros abrem cofres e encontram dólares no escritório de Delcídio, na Capital

Buscas são feitas no escritório do senador na Capital

Evelin Cáceres Publicado em 25/11/2015, às 12h07

None
img-20151125-wa0022.jpg

Buscas são feitas no escritório do senador na Capital

A Polícia Federal, que realiza buscas na casa e no escritório do senador Delcídio do Amaral em Campo Grande nesta quarta-feira (25), encontrou “uma pequena quantidade de dólares” em um dos cofres do escritório, na Rua Antonio Maria Coelho.

Segundo informações, um chaveiro foi acionado para abrir os dois cofres que estavam no lugar. Em um deles, não havia nada. No segundo, alguns dólares.

Delcídio teve a prisão decretada nesta quarta-feira pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e foi detido no hotel onde mora, em Brasília. O senador teria oferecido uma rota de fuga para o ex-presidente da Petrobras, Nestor Cerveró, para que ele não revelasse às investigações irregularidades do esquema de desvio de recursos envolvendo a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos . A conversa teria sido gravada pelo filho do ex-diretor.

Delcídio está preso na sede da Polícia Federal em Brasília. Segundo os trâmites do Senado, a Casa deve receber os autos da prisão em até 24 horas e, por votação da maioria, definir sobre a prisão. Esta é a primeira vez que um senador em exercício é preso no Brasil. 

Jornal Midiamax