Política

Bernal pede à bancada federal “socorro” com emendas para saúde

Entre pedidos, está liberação de recursos para Santa Casa

Heloísa Lazarini Publicado em 14/10/2015, às 21h01

None
1003921670_bernal.jpg

Entre pedidos, está liberação de recursos para Santa Casa

O prefeito Alcides Bernal (PP) esteve nesta terça-feira (13) em Brasília onde participou de reunião com bancada federal de Mato Grosso do Sul para apresentar “lista de pedidos”, com valor de R$ 151 milhões, a deputados e senadores para atender Campo Grande nas emendas de bancada.

Segundo senador Waldemir Moka (PMDB), coordenador da bancada federal, a lista de Bernal engloba, basicamente, investimentos na área da saúde, por isso Moka explica que sugeriu ao prefeito que dividisse pedidos entre parlamentares na tentativa de viabilizar liberação de recursos através de emendas individuais. “Sugeri a ele que fizesse isso, conversar com cada parlamentar, pois temos as emendas individuais, no caso da saúde, que fazem parte do orçamento impositivo, já as de bancada são garantidas apenas quando governo empenha valor, as desse ano, por exemplo, ainda não foram liberadas”.

Moka antecipou que dos R$ 7 milhões que ele deverá repassar, obrigatoriamente, para saúde conforme orçamento impositivo, R$ 1 milhão deverá ser destinado para Santa Casa por meio da Prefeitura.

Já a deputada Tereza Cristina (PSB) conta que ainda não recebeu visita do prefeito Alcides Bernal no gabinete em Brasília. “Ele conversou com toda bancada, pediu ajuda na área da saúde, mas ficou de falar com cada parlamentar e fazer pedidos das emendas individuais, mas ele ainda não me procurou. O que ele me pediu ajuda ontem foi para destravar um convênio com Ministério da Agricultura, parado desde janeiro deste ano, para investimento em cultivo de produtos orgânicos em Campo Grande ”.

A equipe de reportagem entrou ligou para demais parlamentares da bancada federal, mas até fechamento desta matéria não conseguiu contato. Conforme assessoria de imprensa da senadora Simone Tebet (PMDB), que não pôde atender, pois está em reuniões no Senado, o prefeito ainda contatou senadora. Já o senador Delcídio do Amaral (PT), que nesta terça-feira (13) não participou da reunião com Bernal, também não atendeu por estar em reunião de líderes no Senado. O prefeito Alcides Bernal (PP), segundo assessoria de comunicação, já retornou de Brasília. 

Jornal Midiamax