Política

Antonieta Amorim diz que colega pediu vaga para compor Comissão do Aquário

Deputada alegou que ser irmã de empreiteiro não influenciaria 

Evelin Cáceres Publicado em 11/06/2015, às 14h56

None
antonieta_1.jpg

Deputada alegou que ser irmã de empreiteiro não influenciaria 

A deputada estadual Antonieta Amorim (PMDB) relatou nesta quinta-feira (11) que o deputado Renato Câmara, que é engenheiro civil, pediu para que ela o deixasse compor a Comissão que vai acompanhar as obras do Aquário do Pantanal na Assembleia Legislativa.

“Fui indicada por ser presidente da comissão de obras, mas o deputado Renato pediu para eu fazer uma deferência por ele ser engenheiro e eu achei de bom tom. Ele tem um olhar especial por ser da área”.

Antonieta negou que ser irmã do empreiteiro João Amorim, detentor de contratos milionários com o Governo do Estado, tenha impedido sua ida a comissão. “Se estivesse à frente de qualquer comissão teria total isenção, fiscalizaria qualquer obra, independente de qualquer grau de parentesco. Isso jamais influenciaria”. 

Renato Câmara confirmou que pediu para Eduardo Rocha a vaga. “Eu poderia analisar melhor a questão técnica do Aquário. Vamos acompanhar porque um dos nossos deveres é fiscalizar e temos que estar a par dos fatos”. 

Jornal Midiamax