Política

Voto de Monteiro sobre blindagem de Puccinelli no STJ fica para setembro

Monteiro, que é aliado de André, disse que não vê problema em analisar o pedido porque no primeiro momento o foco é a constitucionalidade

Arquivo Publicado em 27/08/2014, às 16h58

None

Monteiro, que é aliado de André, disse que não vê problema em analisar o pedido porque no primeiro momento o foco é a constitucionalidade

O voto do relator da CCJR (Comissão de Constituição e Justiça e Redação), deputado estadual Márcio Monteiro (PSDB), sobre o pedido do STJ (Superior Tribunal de Justiça) para processar o governador André Puccinelli (PMDB) deve ficar para setembro.


Isto porque a comissão se reúne às terças-feiras e a última foi feriado pelo aniversário de Campo Grande e na semana passada, o tucano não participou das atividades da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul por estar acompanhando a visita do presidenciável Aécio Neves (PSDB), em Dourados.


Monteiro que é aliado do governador disse não ter problema em analisar o pedido porque no primeiro momento o foco é a constitucionalidade. Depois de aprovado pela CCJR, o pedido volta para o plenário para ser votado.

Jornal Midiamax