Política

Vereadores discutem hoje projeto que reconhece ‘existência’ de carroceiros na Capital

A Câmara Municipal de Campo Grande deve votar nesta terça-feira (8) o projeto de lei complementar 364/13, que modifica o Código Sanitário Municipal para regulamentar a circulação de carroças. O objetivo da proposta do vereador Eduardo Romero (PTdoB) é de prever o trânsito desses veículos de tração animal, já que a legislação atual simplesmente ignora […]

Arquivo Publicado em 08/04/2014, às 11h39

None

A Câmara Municipal de Campo Grande deve votar nesta terça-feira (8) o projeto de lei complementar 364/13, que modifica o Código Sanitário Municipal para regulamentar a circulação de carroças.

O objetivo da proposta do vereador Eduardo Romero (PTdoB) é de prever o trânsito desses veículos de tração animal, já que a legislação atual simplesmente ignora a existência deles.

A proposta atende reivindicação da União dos Trabalhadores em Carroças do Mato Grosso do Sul, Fórum do Municipal Lixo e Cidadania e integrantes da Cadeia de Resíduos sólidos da Capital.

“A redação do artigo 68 da lei complementar nº 148, do jeito que está, desconsidera e exclui os profissionais carroceiros ao invés de tratar com responsabilidade social”, justifica o parlamentar.

“É de extrema importância para a economia e sustento, o trabalho dos carroceiros, visto que requer uma ação mais efetiva do município nessa questão, tanto pela situação dos trabalhadores que têm nas carroças o seu ganha-pão, como também pelos animais que são usados para tração”.

Jornal Midiamax