Política

Vereadores analisam veto do Executivo sobre criação de Secretaria Comunitária

Os vereadores devem analisar dois vetos do Executivo Municipal na sessão ordinária desta terça-feira (10). Entre eles, o veto ao Projeto de Lei que autoriza a criação da Secretaria Municipal de Ação Comunitária. O Projeto de Lei nº 7.566/13, de autoria dos vereadores Chiquinho Telles (PSD), Carlão (PSB) e do presidente da Casa, Mario Cesar […]

Arquivo Publicado em 09/06/2014, às 17h02

None
554260065.jpg

Os vereadores devem analisar dois vetos do Executivo Municipal na sessão ordinária desta terça-feira (10). Entre eles, o veto ao Projeto de Lei que autoriza a criação da Secretaria Municipal de Ação Comunitária.

O Projeto de Lei nº 7.566/13, de autoria dos vereadores Chiquinho Telles (PSD), Carlão (PSB) e do presidente da Casa, Mario Cesar (PMDB), a criação da Secretaria de Ação Social Comunitária era um dos compromissos do prefeito Gilmar Olarte (PP), porém, o chefe do Executivo municipal vetou o projeto.

Para Chiquinho Telles a criação da secretaria iria desafogar a pasta que abriga o movimento.

Também será analisado o veto total ao Projeto de Lei Complementar nº 351/13, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos cartórios a atender aos usuários em tempo razoável. A proposta é de autoria dos vereadores Coringa (PSD), Vanderlei Cabeludo (PMDB), Flávio César (PT do B), Chiquinho Telles, Ayrton Araújo (PT), Prof. João Rocha (PSDB), Engenheiro Edson (PTB), Otávio Trad (PT do B), Chocolate (PP), Zeca do PT, Carla Stephanini (PMDB), Gilmar da Cruz (PRB), Carlão, Delei Pinheiro (PSD), do ex-vereador Alex do PT, e dos atuais secretários municipais Juliana Zorzo, Edil Albuquerque e Jamal Salem.

Durante a sessão será assinado um Termo de Cooperação Técnica entre a Câmara Municipal e o Estado de Mato Grosso do Sul por meio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública com a interveniência da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul para a realização de acompanhamento e contribuições das ações legislativas ligadas à segurança pública.

A sessão ordinária tem início às 9 horas, no plenário Oliva Enciso, na sede da Casa de Leis, na Avenida Ricardo Brandão, 1.600, Bairro Jatiuka Park.

Jornal Midiamax