Política

Secretário que ameaçou se demitir pelo Facebook volta a defender Bernal

A crise entre o secretário Municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Wanderlei Ben Hur, e o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), parece ser águas passadas. No início da manhã desta segunda-feira (10), ele defendeu o progressista do processo de cassação no Facebook. Na mensagem postada às 6 horas, Ben Hur relembra que o […]

Arquivo Publicado em 10/03/2014, às 12h25

None
1428332512.jpg

A crise entre o secretário Municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Wanderlei Ben Hur, e o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), parece ser águas passadas. No início da manhã desta segunda-feira (10), ele defendeu o progressista do processo de cassação no Facebook.

Na mensagem postada às 6 horas, Ben Hur relembra que o Judiciário rejeitou o argumento da Câmara Municipal em cassar o mandato de Bernal. “Não podemos esquecer que o objeto de julgamento na Câmara Municipal já foi objeto de julgamento no Judiciário onde não prosperou o argumento da Câmara”, postou.

No entanto, Ben Hur desconsiderou a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), da última quinta-feira (6), que reformou a suspensão da Comissão Processante determinada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS).

Com a declaração, Ben Hur demonstra que a crise com o prefeito já foi superada. No dia 11 de fevereiro, o secretário anunciou também no Facebook que deixaria a pasta por “questões de foro íntimo”. Após muita conversa com Bernal, ele voltou atrás da decisão.

Hoje o secretário, assim como todo a comissão de frente do prefeito, apelou ao apoio popular para tentar salvar o mandato do prefeito. “Bom dia e boa semana a todos. Essa semana protogonizara não mais um enfrentamento entre o Legislativo e o Executivo (…) Isso não é bom para a Democracia, isso não é bom para o cidadão e isso da insegurança a qualquer cidadão e/ou investidor em Campo Grande”, escreveu na sua página pessoal.

Para finalizar, o secretário ainda pede reflexão sobre sua opinião. “Por favor, analise o texto sem nenhuma paixão, pensando somente no bem e segurança de Campo Grande”, encerrou.

A mensagem também foi compartilhada pelo secretário Municipal de Educação, José Chadid.

Jornal Midiamax